---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Agronômica apresenta crescimento significativo nos últimos dois anos

Publicado em 19/05/2020 às 19:06 - Atualizado em 19/05/2020 às 19:06

Agronômica registrou um crescimento significativo em comparação aos anos de 2017 e 2018. Segundo dados fornecidos pelo Departamento de Administração e Finanças, em 2019, o município cresceu cerca de 15 por cento em relação ao ano anterior. O percentual é superior ao divulgado pelo Estado de Santa Catarina, com 5,73%, avaliando o mesmo período e itens relacionados.

“Queria agradecer o Xande que fez uma pesquisa criteriosa e trouxe ótimas notícias para o nosso município. Isso é motivo de orgulho para todos que moram aqui. Ficamos muito satisfeitos com o desempenho dos nossos agricultores, empresários, lojistas e prestadores de serviço”, enfatizou o prefeito de Agronômica, Cesar Cunha.     

A apuração foi feita com base na arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Destaque para o setor de Agricultura, que corresponde a cerca de 43% do valor acumulado. A Indústria vem logo a seguir com cerca de 38%. Comércio com 11 e Serviços com cerca de 6% completam a listagem do gráfico analisado.

“O maior desafio dos gestores públicos é o aumento da renda per capita do seu povo, o poder de compra. Neste sentido Agronômica tem avançado nos últimos anos, pelo fruto do trabalho do nosso povo”, destacou o diretor do Departamento de Administração e Finanças da Prefeitura de Agronômica, Francisco Alexandre Duarte Neto.

Para melhorar os índices o prefeito de Agronômica, Cesar Cunha, liderou uma rápida campanha nas redes sociais no mês de maio. O objetivo foi motivar o morador e o visitante do município para continuar comprando os produtos e utilizando os serviços na cidade. O período de pandemia ocasionado pelo novo coronavírus pode desacelerar o crescimento em 2020. Cerca de 25% de toda a arrecadação do ICMS volta para o município.

“É muito importante neste momento que os moradores façam suas compras aqui em Agronômica. Nós precisamos fortalecer o nosso comércio e prestigiar os nossos comerciantes. Agora é hora de nos unirmos e vencermos a batalha todos juntos”, ressaltou o prefeito Cesar Cunha.

Em 2017 o valor arrecadado chegou na casa dos R$ 80 milhões. No ano seguinte saltou para R$ 101 mi. Já em 2019 foram arrecadados R$ 116.229.469,00. Outra alternativa encontrada pela administração é motivar a instalação de mais empresas no município. A ação aumenta a renda e a oferta de emprego para os moradores.

“Aqui temos de tudo, com bons preços e tenho certeza que nossos empresários não se furtarão a buscar a melhor negociação com seus clientes. Também internamente estamos estudando medidas legais de preferência ao comércio local e a micro e pequena empresa”, concluiu o diretor Francisco Alexandre.